Menu
KAGIVA
segunda, 20 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Anvisa quer reduzir quantidade de iodo no sal

20 Jul 2011 - 14h16Por Folha.com

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está propondo uma redução da quantidade de iodo no sal vendido no país. Dos 20 mg a 60 mg de iodo por quilo de sal exigido hoje, os limites passariam a ser de 15 mg a 45 mg de iodo por quilo de sal.

A proposta da agência ficará em consulta pública por dois meses.

A adição de iodo ao sal é exigida pela Vigilância Sanitária para evitar problemas relacionados à falta do nutriente no corpo, como retardo mental grave, anomalias congênitas e bócio.

Mas, segundo a Anvisa, o excesso de consumo de iodo pode causar problemas na glândula tireoide, como a tireoidite de Hashimoto. A doença autoimune causa uma inflamação da glândula e leva a fadiga crônica, cansaço e ganho de peso.

A agência está recebendo sugestões à proposta colocada em consulta pública por meio do site http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=6545.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - ACIDENTE FATAL
Acidente mata motociclista que tentava atravessar rodovia em Dourados
FAMOSIDADE - "SUSPIROS" DOS FÃS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
MUNDO DOS FAMOSOS - NO AR -
Gusttavo Lima passa perrengue em vôo para Nova Iorque
OPORTUNIDADES NO MS
Governo de MS tem quatro concursos com 2,3 mil cargos ainda em 2018
NOVA FRENTE FRIA - VEJA A PREVISÃO
Nova frente fria chega a Mato Grosso do Sul e mínima será de 6ºC
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo