Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Antes mesmo de inaugurada, MS-156 fica às escuras por conta de roubo da fiação

9 Set 2011 - 12h46Por Alan de F. Brito, de Dourados / Midiamax

Duplicada, modernizada e iluminada, após gasto aproximado de R$ 25 milhões, a rodovia MS-156 que liga Dourados a Itaporã, está às escuras. A estrada, que sempre foi considerada perigosa, foi duplicada em duas etapas, a partir de 2008.

Com intenso tráfego de bicicletas, carroças e travessia de pedestres, a estrada que passa por dentro da reserva indígena de Dourados, teve as obras finalizadas e chegou a funcionar por um tempo com a iluminação noturna. Porém, segundo a empreiteira responsável pela obra, a fiação dos postes de energia e iluminação teria sido roubada.

A rodovia, que não teve inauguração oficial do Governo do Estado, dá acesso a mais dois municípios além de Itaporã (Maracaju e Sidrolandia) e tem um fluxo de aproximadamente quatro mil veículos por dia. O trecho que passou por obras é de 12 quilômetros, tem pista dupla de rolamento nos dois sentidos, muro de contenção e postes de iluminação a cada 30 metros.

Segundo informações, a fiação será substituída após o término da rotatória de intersecção entre a perimetral norte e a reserva indígena. Os serviços, incluindo os reparos elétricos, devem ser concluídos em aproximadamente 40 dias. No entanto, o funcionamento da iluminação deverá ser definido pelo governo do Estado, depois de inaugurada a rodovia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai