Menu
mutantes
sexta, 19 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ÁGUAS DE BONITO

André autoriza pagamento de R$ 8 milhões em projetos de pesquisa nos 60 anos do CNPQ

12 Ago 2011 - 15h30Por Portal MS

Campo Grande recebeu nesta sexta-feira (12) dirigentes de instituições públicas e privadas de pesquisa para a conferência regional comemorativa dos 60 anos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Durante a solenidade de abertura, na Embrapa Gado de Corte, o governador André Puccinelli assinou, com o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), Marcelo Turine, e o secretário executivo da Rede Pró Centro-Oeste, Rui de Araújo Caldas, autorização de pagamento no total de R$ 8 milhões para projetos de pesquisa na linha de biodiversidade.

Estão sendo beneficiados vinte projetos já aprovados pelo CNPq e pela Fundect, que terão início a partir do próximo mês. Conforme Marcelo Turine, os recursos são conjuntos do Governo Federal, CNPq e Governo Estadual, para serem aplicados em três anos em Mato Grosso do Sul. O objetivo é o de fortalecer e consolidar a formação de recursos humanos e a produção de conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação, bem como fortalecer o desenvolvimento sustentável da região Centro-Oeste, com vistas ao uso sustentável dos recursos naturais.

A celebração do aniversário do CNPq reuniu na Capital representantes do Ministério da Ciência e Tecnologia, fundações de amparo à pesquisa, ciência e inovação dos Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, universidades, e instituições parceiras – Sebrae, Prefeitura de Campo Grande, Senai, Federação das Indústrias, as três unidades da Embrapa, e Associação Brasileira de Pecuária Orgânica/Pantanal. Ana Lúcia Assad representou o presidente do CNPq, Glaucius Oliva, e destacou o crescimento da atuação do Conselho, que começou no início da década de 1950 “voltado ao apoio de uma mínima comunidade científica que existia”. Com a abrangência hoje, ela frisou, são inúmeros os incentivos concedidos para contribuir com o desenvolvimento tecnológico e os estudos em diversas áreas.

O governador André Puccinelli lembrou que conhecimento é sinônimo de poder, e disse que por isso é preciso sempre avançar na busca do conhecimento, especialmente em áreas como saúde e educação, que resultem no objetivo final da melhoria da qualidade de vida do homem. “Temos incentivado sempre e articulado para auferir e repassar conhecimentos novos”, assegurou. Para o governador, a pesquisa, ciência e tecnologia avançaram muito nos últimos dois milênios, mas agora é preciso voltar os conhecimentos para iniciativas que recuperem situações criadas pelo próprio homem e promover o planejamento de um crescimento sustentável.

Ronaldo Mota, secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia, afirmou que Mato Grosso do Sul se insere hoje em uma terceira face do Brasil (as outras são a de fragilidade e desafios; e a de potencialidades e sucesso), porque representa no contexto do Centro-Oeste uma real possibilidade que o País tem de desenvolvimento que seja efetivamente sustentável. “Que tenha uma visão ambiental, de harmonia, que consiga a partir da sua rica biodiversidade explorar no sentido de garantir que esse desenvolvimento tenha prazo de uma grande validade”, afirmou.

Para o representante do Ministério, não há dúvida de que o Brasil vai continuar crescendo nos próximos anos, mesmo com a crise mundial em curso, e a questão é saber se esse crescimento é de fato sustentável. “É uma pergunta que apresenta vários aspectos e abordagens, mas o Centro-Oeste, e em particular o Mato Grosso do Sul, têm parte dessas boas respostas”, disse Mota.

O aniversário do CNPq teve ainda homenagens aos profissionais da entidade e do MCT que colaboraram com a gestão dos programas e ações de cooperação institucional da Fundect no Estado de Mato Grosso do Sul.

Em mensagem aos participantes da conferência, o secretário Carlos Alberto Menezes (Meio Ambiente, Planejamento, Ciência e Tecnologia), que não pôde estar presente, parabenizou a comunidade científica e o CNPq, “em especial pela parceria que tem mantido com o Governo de Mato Grosso do Sul”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Procurado por homicídio em MS morre em confronto com a polícia no Paraná
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja levou acesso à saúde para dentro das aldeias de MS
CASO MAJOR MORTO EM BONITO
Em audiência, Justiça mantém prisão de pintor que matou major a facadas em Bonito (MS)
COMPORTAMENTO
Em 1981, quebra-quebra em show marcou vinda do cantor ao interior de MS
MEIO AMBIENTE
Assembleia cria frente parlamentar sobre problemas dos rios da região de Bonito
TEMPO E TEMPERATURA
Previsão do tempo neste feriadão está favorável para o ecoturismo no Estado
VACINAÇÃO
Status de área livre de aftosa sem vacinação é oportunidade estratégica para MS
GERAL
Polícia Militar Rodoviária lança Operação Semana Santa 2019
TURISMO
Vai viajar no feriado e curtir o MS? Veja a previsão do tempo para municípios turísticos do Estado
BONITO - MS - FERIADÃO
Bonito (MS) tem 100% dos passeio operando plenamente nesse feriado de Páscoa