Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 19 de janeiro de 2019
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

André autoriza pagamento de R$ 8 milhões em projetos de pesquisa nos 60 anos do CNPQ

12 Ago 2011 - 15h30Por Portal MS

Campo Grande recebeu nesta sexta-feira (12) dirigentes de instituições públicas e privadas de pesquisa para a conferência regional comemorativa dos 60 anos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Durante a solenidade de abertura, na Embrapa Gado de Corte, o governador André Puccinelli assinou, com o diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), Marcelo Turine, e o secretário executivo da Rede Pró Centro-Oeste, Rui de Araújo Caldas, autorização de pagamento no total de R$ 8 milhões para projetos de pesquisa na linha de biodiversidade.

Estão sendo beneficiados vinte projetos já aprovados pelo CNPq e pela Fundect, que terão início a partir do próximo mês. Conforme Marcelo Turine, os recursos são conjuntos do Governo Federal, CNPq e Governo Estadual, para serem aplicados em três anos em Mato Grosso do Sul. O objetivo é o de fortalecer e consolidar a formação de recursos humanos e a produção de conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação, bem como fortalecer o desenvolvimento sustentável da região Centro-Oeste, com vistas ao uso sustentável dos recursos naturais.

A celebração do aniversário do CNPq reuniu na Capital representantes do Ministério da Ciência e Tecnologia, fundações de amparo à pesquisa, ciência e inovação dos Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal, universidades, e instituições parceiras – Sebrae, Prefeitura de Campo Grande, Senai, Federação das Indústrias, as três unidades da Embrapa, e Associação Brasileira de Pecuária Orgânica/Pantanal. Ana Lúcia Assad representou o presidente do CNPq, Glaucius Oliva, e destacou o crescimento da atuação do Conselho, que começou no início da década de 1950 “voltado ao apoio de uma mínima comunidade científica que existia”. Com a abrangência hoje, ela frisou, são inúmeros os incentivos concedidos para contribuir com o desenvolvimento tecnológico e os estudos em diversas áreas.

O governador André Puccinelli lembrou que conhecimento é sinônimo de poder, e disse que por isso é preciso sempre avançar na busca do conhecimento, especialmente em áreas como saúde e educação, que resultem no objetivo final da melhoria da qualidade de vida do homem. “Temos incentivado sempre e articulado para auferir e repassar conhecimentos novos”, assegurou. Para o governador, a pesquisa, ciência e tecnologia avançaram muito nos últimos dois milênios, mas agora é preciso voltar os conhecimentos para iniciativas que recuperem situações criadas pelo próprio homem e promover o planejamento de um crescimento sustentável.

Ronaldo Mota, secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia, afirmou que Mato Grosso do Sul se insere hoje em uma terceira face do Brasil (as outras são a de fragilidade e desafios; e a de potencialidades e sucesso), porque representa no contexto do Centro-Oeste uma real possibilidade que o País tem de desenvolvimento que seja efetivamente sustentável. “Que tenha uma visão ambiental, de harmonia, que consiga a partir da sua rica biodiversidade explorar no sentido de garantir que esse desenvolvimento tenha prazo de uma grande validade”, afirmou.

Para o representante do Ministério, não há dúvida de que o Brasil vai continuar crescendo nos próximos anos, mesmo com a crise mundial em curso, e a questão é saber se esse crescimento é de fato sustentável. “É uma pergunta que apresenta vários aspectos e abordagens, mas o Centro-Oeste, e em particular o Mato Grosso do Sul, têm parte dessas boas respostas”, disse Mota.

O aniversário do CNPq teve ainda homenagens aos profissionais da entidade e do MCT que colaboraram com a gestão dos programas e ações de cooperação institucional da Fundect no Estado de Mato Grosso do Sul.

Em mensagem aos participantes da conferência, o secretário Carlos Alberto Menezes (Meio Ambiente, Planejamento, Ciência e Tecnologia), que não pôde estar presente, parabenizou a comunidade científica e o CNPq, “em especial pela parceria que tem mantido com o Governo de Mato Grosso do Sul”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada, jovem comete suicídio em Rio Brilhante
CONTAS SUBIRAM ALÉM DA CONTA
Procon/MS notifica Energisa por altas abusivas na conta de energia
PREVISÃO DO TEMPO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este sábado e domingo em todo MS
SITUAÇÃO CONTURBADA
Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band
NA CAPITAL DO ESTADO
Homem de 60 anos atira na ex e se joga de cachoeira em Campo Grande
RAIOS E TEMPORAL
Tempo vira e raio atinge residência de vereador e causa prejuízos em cidade do MS
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA MILITAR
Abordagem rende duas prisões, uma com mandato e outra de bebida alcoólica a menor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Mais uma ocorrência de violência doméstica é registrada e armas de fogo apreendida em Bonito (MS)
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde a 'lenda viva' Felipe Barbeiro, familiares pedem orações
POLÍCIA
Carreta com 4,6 toneladas de maconha que saiu de MS é apreendida em SP