Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Análise de projetos culturais poderá ter prazo-limite de 60 dias

12 Abr 2011 - 13h31Por Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados, em Brasília, analisa o Projeto de Lei 7834/10, do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), que estabelece prazo-limite de 60 dias para que projetos da área cultural sejam analisados. Após esse período, os projetos serão considerados automaticamente aprovados quando as autoridades responsáveis não tiverem se manifestado sobre eles.

O projeto altera a Lei Rouanet (8.313/91), que hoje não prevê prazo para aprovação de projetos. A lei estabelece apenas que, após a avaliação, o proponente será notificado dos motivos de uma possível rejeição em até cinco dias. Dessa notificação, de acordo com alei atual, cabe pedido de reconsideração ao ministro da Cultura, que terá 60 dias para se decidir sobre o assunto.

O autor argumenta que a definição de um prazo-limite é indispensável para que as ações previstas nos projetos possam ser planejadas.

Transparência

De acordo com a proposta, as informações sobre a tramitação dos projetos culturais serão divulgadas no site do Ministério da Cultura na internet e incluirão obrigatoriamente:

- a ordem de entrada dos projetos, com identificação dos respectivos números, requerentes, nomes das obras ou empreendimentos e valores pretendidos;

- o valor anual dos recursos a serem disponibilizados; e

- os projetos aprovados, com respectivos valores.

Eduardo Barbosa argumenta que a possibilidade de acompanhar a tramitação dos projetos pela internet vai tornar o processo de análise mais transparente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai