Menu
KAGIVA
tera, 19 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Alimentos sobem mais de 10% e pressionam inflação de 2010

3 Mar 2011 - 14h30Por Agência Brasil

A alta nos preços dos alimentos foi o principal responsável pelo aumento do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2010, que fechou o ano com taxa de 5,91%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou hoje (7) os dados da inflação, os produtos alimentícios responderam por 40% do índice, tendo contribuído com 2,34 pontos percentuais.

O IPCA serve de referência para o governo na definição da meta de inflação oficial do país.

 A coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes, destacou que, embora os alimentos – que representam aproximadamente 23% do orçamento das famílias com rendimento até 40 salários mínimos – tenham ficado em média 10,39% mais caros ao longo do ano, alguns produtos tiveram alta ainda mais forte.

“Os alimentos foram determinantes no perfil da inflação de 2010 e é interessante observar que esse aumento de cerca de 10% é em média. Alguns produtos importantes na mesa do brasileiro subiram muito mais do que isso, como as carnes [alta de 29,64%], e os feijões [alta de 51,49%]”, afirmou.

 Eulina Nunes destacou, ainda, que no ano passado os preços dos alimentos subiram quase três vezes mais do que em 2009, quando ficaram 3,18% mais caros.

 “Isso ocorreu em função do aumento da demanda interna aliado a problemas climáticos que afetaram as lavouras, como as chuvas no início de 2010 e a seca no segundo semestre, no país e em outros importantes produtores, o que levou a uma alta de preços no mercado internacional”, explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ENTREGA DE CERTIFICADOS
Prefeito entrega certificados de curso de bombeiro hidráulico em Bonito (MS)
BONITO - MS - NO CLIMA DA COPA
Prefeitura terá horário especial em dias de jogos da seleção em Bonito (MS)
EDUCAÇÃO
Ministério da Educação divulga nesta segunda-feira o resultado do Sisu
FCO
Mato Grosso do Sul bate recorde na contratação do FCO em cinco meses de 2018
TEMPO E TEMPERATURA
Frio diminui e semana começa sem previsão de chuva em MS
ECONOMIA
Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
ESPORTES
Brasil não é mais o Deus soberano do futebol, afirma Silvio Luiz
AÇÕES GERALDO RESENDE
Geraldo integra comitiva de Reinaldo em Anaurilândia, Amambai e Batayporã
MS - CONCURSO CHEGANDO
Edital de concurso com 1,5 mil vagas para Educação deve ser finaliza essa semana pelo governo do MS
PREVISÃO DO TEMPO
Frente fria deixa MS e temperatura sobe aos poucos durante a semana, Confira a previsão