Menu
MATO GROSSO DO SUL
sexta, 15 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Alas dos PT lideradas por Pedro Kemp e Vander Loubet se articulam para 2012 e 2014

11 Jul 2011 - 12h33Por Midiamax - Eduardo Penedo

As alas do Partido dos Trabalhadores começaram a se articular para disputar as eleições de 2012 (vereadores e prefeitos) e 2014 (governador, deputados e senadores) e já definiram que farão de tudo para que não tenha prévias e o consenso impere na sigla. Hoje (8), as alas Articulação de Esquerda- sob a batuta de Pedro Kemp e a Construindo um Novo Brasil (CNB)-que está na tutela de Vander Loubet se reuniram em lugares distintos, mas com o mesmo propósito fortalecer o partido e discutir como as alas podem ajudar o PT nas eleições.

Do grupo Articulação de Esquerda o palco para a reunião foi em um hotel localizado na Rua Allan Kardec, região central da Capital. Lá foram discutidos como a ala pode ajudar a sigla nas eleições de 2012-14. “Nos nos reunimos para discutir como a Articulação de Esquerda pode se organizar para ajudar o PT nas eleições com candidatos. Nos estamos apostando para que não haja prévias e o  consenso para fortalecermos ainda mais o partido”,explica o petista.

Já da ala CNB que se reuniu em um Buffet localizado na Rua Barão de Melaço, região central da capital, o discurso também foi em torno da coesão e do fortalecimento do partido sem prévia. O deputado Vander Loubet (PT) explicou que a CNB resolveu fazer essa reunião para discutir as conjunturas políticas e avaliar o PT da presidenta Dilma Roussef nesses seis meses. “Estamos discutindo as políticas que poderão ser implementada no plano de governo. Vamos buscar a coesão em um nome só para a prefeitura de Campo Grande e continuar mantendo diálogo para fortalecer ainda mais o PT em Mato Grosso do Sul”, comenta.

Nas duas reuniões representantes do PT no Estado estiveram presentes e terão o dever de passar as discussões para os filiados das respectivas alas da sigla e tentar manter a coesão e o diálogo.

Representantes da CBN nacional participaram da reunião e de mesas redondas para fazer uma analise de conjuntura nacional e estadual, saber as perspectivas e desafios das eleições do ano que vem, além de discutir a organização da CNB.

O membro da Comissão Nacional de Ética do PT nacional, Wagner Lacerda, explica que mesmo o PT em Mato Grosso do Sul não repetir a coligação que o PT tem nacionalmente a sigla tem que se fortalecer fazendo alianças fortes e que ajudem a sigla nas eleições. “O PT em MS é forte e depende muito da unidade partidária para conseguir ganhar as eleições”, argumenta.

O outro membro da CNB, João Batista, comenta que as previas é um meio que o PT achou para praticar a democracia na sigla, mas em último caso seria as prévias. “Nos vamos reformular o nosso estatuto, mas as previas permanecerão , mas sempre buscando o consenso”, finaliza.

Quatro alas do PT se destacam em Mato Grosso do Sul são elas a Articulação de Esquerda, CNB, Movimento PT- comandada pelo senador Delcídio do Amaral e Democracia Socialista que está sob a tutela do ex-deputado João Grandão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS
POLÍCIA
Militares rodoviários são presos pelo Bope com dinheiro de propina em MS
GERAL
Campanha de fiscalização vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal
BONITO - MS - VANDALISMO NO BALNEÁRIO
Balneário Municipal é alvo de vandalismo e prefeitura registra ocorrência em Bonito (MS)
CIDADES
Uems abre processo seletivo para professores temporários em duas cidades
MEIO AMBIENTE
Em 14h, chuva soma 90 milímetros e nível do Rio Aquidauana sobe
BONITO - MS
Bonito Cross: Fim do horário de verão neste sábado põe atletas em alerta
SAÚDE
Febre amarela: OMS recomenda vacina a visitantes de MS e mais 20 Estados