Menu
mutantes
sexta, 15 de fevereiro de 2019
MATO GROSSO DO SUL
Busca
UNIPAR_PC

Agehab pode dar "delação premiada" para quem apontar venda de casa popular

13 Mai 2011 - 16h55Por Campo Grande News

O secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, afirmou que está criando um método para punir possíveis estelionatários e funcionários da própria Agehab (Agência Estadual de Habitação) que cometeram irregularidades para “pular” mutuários na frente na lista de casas populares em troca de dinheiro.

“O cidadão que fizer a denúncia e levar a prisão em flagrante do estelionatário vai ser privilegiado e vai ficar com a casa sem nenhum processo” afirmou Marun.

O secretário afirmou que não há nenhum processo administrativo para investigar irregularidades de vendas ilegais de casa com participação de pessoas de dentro da Agehab.

“Para mim nunca chegou nenhuma denúncia que pudesse ser comprovada até o fim. Há casos de estelionatários como Celso que foi preso e é reincidente. Ele me chamou de canalha, mas não fez nenhuma acusação direta contra mim. São denúncias cíclicas, em dois em dois anos sempre tem as essas denúncias e pode ser que sejam armações políticas”, comentou Marun.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso em MS por estuprar crianças, filmar e divulgar vídeos
EMPREENDEDORISMO
Seleção oferecerá consultoria gratuita para 200 mulheres em MS
MEIO AMBIENTE
Em 15 dias, polícia ambiental capturou 8 cobras em residências de MS
POLÍCIA
Militares rodoviários são presos pelo Bope com dinheiro de propina em MS
GERAL
Campanha de fiscalização vai vistoriar quase dois mil veículos do sistema intermunicipal
BONITO - MS - VANDALISMO NO BALNEÁRIO
Balneário Municipal é alvo de vandalismo e prefeitura registra ocorrência em Bonito (MS)
CIDADES
Uems abre processo seletivo para professores temporários em duas cidades
MEIO AMBIENTE
Em 14h, chuva soma 90 milímetros e nível do Rio Aquidauana sobe
BONITO - MS
Bonito Cross: Fim do horário de verão neste sábado põe atletas em alerta
SAÚDE
Febre amarela: OMS recomenda vacina a visitantes de MS e mais 20 Estados