Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 20 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca

Abastecer com álcool volta a ser mais vantajoso em três Estados

17 Mai 2011 - 07h14Por Folha.com

Abastecer com álcool voltou a ser mais vantajoso do que com gasolina nos Estados de Goiás, Mato Grosso e São Paulo, segundo levantamento feito entre os dias 08 e 14 de maio pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). Nos demais Estados, a melhor opção continua sendo a gasolina.

Com a forte queda do álcool, os preços médios praticados pelos postos paulistas (R$ 1,958), equivalem a 69% do valor pago pela gasolina (R$ 2,801). Já em Goiás, a proporção é de 68%, com o álcool a R$ 2,108 e a gasolina a R$ 3,092. No Mato Grosso, o etanol custa em média R$ 2,043 e a gasolina R$ 2,982.

A utilização do etanol passa a ser vantajosa quando o produto fica abaixo de 70% do valor da gasolina, o que não vinha ocorrendo neste período de entressafra.

CAPITAL PAULISTA

Levantamento publicado no último sábado na Folha já apontava a mudança. Pesquisa em 50 postos de São Paulo indicou que o álcool hidratado teve recuo médio de 9,2% na semana passada, enquanto a gasolina passou a custar 1,3% menos. Os preços médios praticados pelos postos paulistanos equivalem a 69% do valor pago pela gasolina.

A recomendação do governo para que a distribuidora BR reduzisse os preços da gasolina e do álcool surtiu efeito. Vários estabelecimentos da rede reduziram os preços da gasolina em 4%.

As maiores quedas do derivado de petróleo, no entanto, ocorreram na rede Esso, controlada pela Cosan, a maior produtora de álcool do país. A gasolina chegou a cair 8% nesses estabelecimentos.

Já a queda do álcool hidratado ficou mais bem distribuída entre os postos das diversas redes, vários deles com redução acima de 10% na semana. Algumas quedas chegaram a 18%.

A queda de preços dos combustíveis deverá continuar. Alguns donos de postos afirmaram à Folha que devem reduzir ainda mais os valores a partir de segunda-feira, quando receberão combustíveis com preços abaixo dos do estoque atual.

SAFRA

A queda nos preços da gasolina ocorre porque a entrada da safra da cana permitiu uma oferta maior de álcool anidro, misturado ao derivado de petróleo. O mesmo corre com a retração nos preços do álcool hidratado, que também teve oferta maior devido ao avanço da safra.

Se o preço cai nos postos, despenca na usina. O álcool anidro, que já havia caído 21% na semana passada, teve recuo de 25% nesta.

O hidratado recuou 9%, segundo pesquisa do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

Mirian Bacchi, coordenadora das pesquisas de etanol do Cepea, afirma que a migração dos consumidores de carro flex para o álcool, e o consequente aumento da demanda por esse combustível, manteve os preços do hidratado firme nos últimos dois dias.

A pesquisa da semana passada do Cepea indicou que os preços praticados na porta das usinas foram de R$ 1,4162 para o anidro e de R$ 0,9689 para o hidratado. Esses preços não contêm impostos.

Diante da queda acentuada do álcool anidro nesta semana, é provável que o ritmo de recuo dos preços da gasolina nos postos seja mais acentuado do que o do álcool, que deve registrar demanda maior nas bombas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE NO MS - PESQUISA
IBOPE em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
BONITO - MS - AÇÕES MEIO AMBIENTE
SEMA distribui frutas produzidas no Viveiro de Mudas Nativas de Bonito (MS)
BONITO - MS - REFORMA
Prefeitura reforma instalações do Programa Bolsa Família que atende 650 beneficiários em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018 - FÁBRICA DE FAKE NEWS
Polícia e Justiça 'explodem' fábrica de fake news de coordenador de Odilon
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS DO MS
Empresário e filho de 1 ano que morreram em acidente, retornavam de Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE -
Bonito (MS) recebe estadual de beach tennis neste fim de semana
TIRO ACIDENTAL
Pai foge após matar filho de 10 anos com tiro acidental no ouvido em cidade do MS
BONITO - JARDIM - BODOQUENA E BELA VISTA
BONITO e mais 3 cidades recebem auxilio da Agesul na recuperação de estradas devido as chuvas
PESQUISA NO MS
Em nova pesquisa, Reinaldo tem 54.21% e Juiz Odilon 45.79%, VEJA NÚMEROS
DATAFOLHA - PRESIDENTE
Datafolha para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%