Menu
ASSOMASUL MARÇO
sexta, 19 de abril de 2019
mutantes
Busca
ÁGUAS DE BONITO

1,2 milhão de trabalhadores ainda não sacaram abono salarial

27 Mai 2011 - 08h49Por Folha.com

Cerca de 1,2 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial, benefício no valor de um salário mínimo, informou o Ministério do Trabalho.

O prazo para o saque termina dia 30 de junho.

Neste ano, o benefício é pago a quem trabalhou com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias em 2009 e recebeu, em média, até dois salários mínimos naquele ano. O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS/Pasep desde 2005, pelo menos, e seus dados foram informados corretamente pelo empregador.

Segundo dados do ministério, 93,52% dos 18,5 milhões de trabalhadores que têm direito ao benefício já fizeram o saque. Foram pagos, até agora, R$ 8,689 bilhões em benefícios.

Os trabalhadores inscritos no PIS recebem o abono nas agências da Caixa Econômica Federal, com um documento de identificação e o número do PIS. Quem tiver o Cartão Cidadão com senha cadastrada também podem fazer o saque em lotéricas, caixas eletrônicos e postos do Caixa Aqui.

Inscritos no Pasep recebem no Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PUXÃO DE ORELHA NA PETROBRAS
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Quatro menores é pego pela PM tentando assaltar com arma de brinquedo em Bonito (MS)
FERIADO
Sexta-feira Santa é o dia de celebrar a morte de Cristo
CIDADES
Imagens de satélite denunciam desmatamento durante Operação Semana Santa em Nioaque
POLÍCIA
Amigos param para consertar carro e encontram corpo de mulher na BR-262
BONITO - MS
Bonito – Serra da Bodoquena: a natureza surpreendente continua linda e precisa ser preservada sempre
PARCERIA
Indígenas do MS comemoram conquista do espaço no mercado de trabalho em lavouras de maçã de SC e RS
GERAL
Transporte intermunicipal permite levar cães e gatos, mas é preciso observar regras
POLÍCIA
Procurado por homicídio em MS morre em confronto com a polícia no Paraná
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador Reinaldo Azambuja levou acesso à saúde para dentro das aldeias de MS