Menu
KAGIVA
sexta, 22 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
ECONOMIA

Frigoríficos com problemas sanitários terão de reduzir produção em 10%

27 Jun 2017 - 07h27Por Campo Grande News

Com a suspensão norte-americana das importações da carne bovina in natura (fresca) do Brasil, as inspeções em frigoríficos de Mato Grosso do Sul e de todo o País foram intensificadas. A fiscalização está sendo feita diariamente e, caso seja encontrado alguma irregularidade sanitária, a indústria será autuada e o ritmo de produção, reduzido em 10%.

As determinações constam em memorando do Dipoa (Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal), do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), conforme informou a médica veterinária Régia Paula Vilaça Queiroz, chefe substituta do Sipoa (Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal), da SFA-MS (Superintendência Federal de Agricultura de Mato Grosso do Sul).

De acordo com a Régia Paula, a determinação é para todos os SIFs (Serviços de Inspeção Federal) que atuam em frigoríficos de abate de bovinos. “Os SIFs devem reforçar a inpeção, verificando e removendo, caso encontrem, contaminações, contusões, abcessos, etc.”, afirmou a médica.

Caso sejam encontrados desvios após a inspeção, “o estabelecimento deve ser autuado e a velocidade da linha de abate deve ser reduzida, em 10%”, acrescentou a chefe do Sipoa.

Prazo – Os frigoríficos habitados a exportar aos Estados Unidos têm até sexta-feira (dia 30) para revisar seus programas de auto-controles, de acordo com outro memorando do Dipoa, informou a médica Régia Paula. Os SIFs têm o mesmo prazo para revisar seus planos de inspeção.

O Dipoa também proibiu temporariamente a exportação de dianteiro bovino aos Estados, “sem que o mesmo esteja na forma de recortes, cubos, iscas ou tiras”, conforme Régia.

Embargo – A intensificação das inspeções foi impulsionada pela decisão dos Estados Unidos, comunicada na semana passada, de suspender as importações da carne bovina in natura do Brasil.

A justificativa foi sanitária – conforme o USDA (Departamento de Agricultura americano), foram verificados frequentes problemas no produto brasileiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Campo Grande abre inscrições de processo seletivo para nível médio
DEMORA
Diesel cai R$ 0,62 em distribuidoras e apenas R$ 0,32 nos postos de MS
ECONOMIA
Venda direta de etanol pode reduzir preço para o consumidor nos postos
BONITO INFORMA RUAL
Mussarela e queijo minas ficam 10% mais caros na entressafra do leite
DOURADOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
ECONOMIA
No MS, mais de 26 mil pessoas ainda não sacaram abono salarial de 2016
BONITO - MS - NO CLIMA DA COPA
Prefeitura terá horário especial em dias de jogos da seleção em Bonito (MS)
MS - CONCURSO CHEGANDO
Edital de concurso com 1,5 mil vagas para Educação deve ser finaliza essa semana pelo governo do MS
DOURADOS - OKA PISOS E ACABAMENTOS
Confira os ganhadores de duas TVs de 60 polegadas da OKA Pisos e Acabamentos de Bonito (MS)
CONCURSO TEM 650 VAGAS PARA PMs e BOMBEIROS
Justiça mantém concurso público da PM e Bombeiros e provas serão em agosto e setembro