Menu
mutantes
tera, 19 de maro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
GERAL

Aposentadoria tem novo cálculo a partir de hoje

31 Dez 2018 - 08h36Por DA REDAÇÃO

O cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição mudou hoje (31), quando foi acionada uma regra implementada por lei em 2015. A regra exige um ano a mais para homens e mulheres se aposentarem. A atual fórmula, conhecida como 85/95, vai aumentar um ponto e se tornar 86/96.

De acordo com a fórmula 85/95, a soma da idade e do tempo de contribuição era de 85 anos para mulheres e 95 para homens. O tempo de trabalho das mulheres era de 30 anos e o dos homens, de 35 anos. Isso significa, por exemplo, que uma mulher que tenha trabalhado por 30 anos, precisaria ter pelo menos 55 anos para se aposentar.

A partir de hoje, para se aposentar com o tempo mínimo de contribuição, ela deverá ter 56 anos. A mesma soma precisará alcançar 86 e 96. A fórmula será aumentada gradualmente até 2026.

O pedido de aposentadoria pode ser solicitado pelo número 135 ou pelo site do INSS.

Fórmula

A regra de aposentadoria é fixada pela Lei 13.183/2015. Nos próximos anos, a soma voltará a aumentar, sempre em um ano. A partir de 31 de dezembro de 2020, passará a ser 87/97; de 31 de dezembro de 2022, 88/98; de 31 de dezembro de 2024, 89/99; e, em 31 de dezembro de 2026 chegará à soma final de 90/100.

Além de se aposentar por essa regra, os trabalhadores podem atualmente se aposentar apenas por tempo mínimo de contribuição: 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres, independente da idade. Nesses casos, no entanto, poderá ser aplicado o chamado fator previdenciário que, na prática, reduz o valor da aposentadoria de quem se aposenta cedo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado de R$ 33 milhões
BONITO - MS - TAXA DO LIXO
Câmara fará plantão para explicar cobrança da taxa de lixo em Bonito (MS)
OPORTUNIDADE - MARACAJU - MS
MARACAJU: Usina Tonon abre oportunidade para 80 motoristas canavieiros
POLÍTICA
Marun se reúne na terça com diretor da Itaipu Paraguai para tratar de ponte em Murtinho
RECUPERAÇÃO
Setor sucroenergético de MS reage e tem 19 usinas operando
PESQUISA CONAB
Safrinha será a vedete da produção em MS
CIDADES - MAIS 100 CASAS
Reinaldo Azambuja inicia semana com entrega de 100 moradias em cidade do MS
OPORTUNIDADE
Alô concurseiros: última chance para se inscrever em concurso com salário de até R$ 9,6 mil
JORNADA DE TRABALHO
Governo recua e adia aumento do expediente dos servidores em MS
LEILÃO
Governo leiloa nesta sexta 12 aeroportos e espera arrecadar R$ 2,1 bi