Menu
KAGIVA
segunda, 17 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC
EM MT

Vídeo mostra ladrão caindo em piscina após ser baleado por morador

14 Nov 2017 - 13h53Por Correio do Estado

Câmeras de segurança registraram o momento em que um assaltante tenta fugir e cai na piscina depois de ser baleado por um morador, em uma tentativa de assalto, em Poconé, a 104 km de Cuiabá. A situação ocorreu no sábado (11) e o morador, identificado como Wagner Wilton do Carmo, de 38 anos, chegou a ficar preso na delegacia, mas acabou liberado após audiência de custódia no domingo (12). Ele, que tem um revólver e porte de arma, atirou no peito do assaltante e o matou.

Nas imagens, divulgadas pela Polícia Civil, dois homens estão limpando a piscina no quintal da residência. Uma criança, que é filho do morador, chega ao local de bicicleta e alerta os funcionários que um assalto está ocorrendo na casa.

Depois disso, os funcionários e a criança se afastam e percebem que um dos ladrões está indo em direção ao quintal, logo após ser baleado. Com medo, as vítimas levantam os braços para cima e se rendem. O assaltante aparece no vídeo correndo e se desequilibra. Logo na sequência ele cai na piscina e se afoga.

Veja o vídeo:

O caso

O morador ficou preso na delegacia da Polícia Civil ao reagir a um assalto na casa dele e matar o ladrão no final de semana em Poconé. À polícia ele afirmou que agiu em legítima defesa. O morador contou que estava dormindo e ouviu a mulher gritando, alertando-o sobre o assalto.

Inicialmente o morador havia sido conduzido para a delegacia onde daria esclarecimentos sobre o caso. No entanto, o delegado, apesar de reconhecer a legítima defesa, optou por autuar o morador pelo crime de homicídio e encaminhá-lo para audiência de custódia.

O assaltante foi identificado como Patrick de Oliveira, de 19 anos. Ele seria morador do Bairro São Mateus, em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), o juiz José Luís Leite Lindote, da comarca de Várzea Grande, concedeu liberdade ao morador. O magistrado não estabeleceu nenhuma medida restritiva ao comerciante.

No entanto, ainda de acordo com o TJMT, o morador pode responder pelo crime de assassinado, dependendo do ponto de vista do Ministério Público Estadual (MPE) de Mato Grosso.

Os dois homens entraram na casa e foram vistos pela mulher do morador, que já tinha acordado. Eles aproveitaram que o portão da residência estava aberto e invadiram o local. A mulher viu os dois ladrões e gritou alertando o marido sobre o assalto. Conforme a Polícia Civil, o marido estava no quarto, acordou, pegou um revólver calibre 38 e enfrentou um dos assaltantes.

O assaltante que estava armado foi baleado no coração, andou por alguns metros e caiu na piscina, no quintal da residência. O outro assaltante, ao ver a reação do morador e depois de ouvir o disparo, fugiu e não foi encontrado pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
TEMPO E TEMPERATURA
Segunda-feira de céu parcialmente nublado e temperaturas de até 39º
"SÓ TENHO ELE" - DIZ CATADOR
MS: Catador que criou Batfusca com restos de lixo põe carro à venda por não conseguir manter família
MARACAJU - CHUVA COM DESTRUIÇÃO
Chuva rápida derruba árvores e deixa casas sem energia em Maracaju
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Policia Militar atende ocorrência de violência domestica e prende autor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MEDIDAS TOMADAS
Governo de MS adota medidas de contenção de erosão para preservar os rios de Bonito