Menu
KAGIVA
domingo, 24 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
EM MT

Vídeo mostra ladrão caindo em piscina após ser baleado por morador

14 Nov 2017 - 13h53Por Correio do Estado

Câmeras de segurança registraram o momento em que um assaltante tenta fugir e cai na piscina depois de ser baleado por um morador, em uma tentativa de assalto, em Poconé, a 104 km de Cuiabá. A situação ocorreu no sábado (11) e o morador, identificado como Wagner Wilton do Carmo, de 38 anos, chegou a ficar preso na delegacia, mas acabou liberado após audiência de custódia no domingo (12). Ele, que tem um revólver e porte de arma, atirou no peito do assaltante e o matou.

Nas imagens, divulgadas pela Polícia Civil, dois homens estão limpando a piscina no quintal da residência. Uma criança, que é filho do morador, chega ao local de bicicleta e alerta os funcionários que um assalto está ocorrendo na casa.

Depois disso, os funcionários e a criança se afastam e percebem que um dos ladrões está indo em direção ao quintal, logo após ser baleado. Com medo, as vítimas levantam os braços para cima e se rendem. O assaltante aparece no vídeo correndo e se desequilibra. Logo na sequência ele cai na piscina e se afoga.

Veja o vídeo:

O caso

O morador ficou preso na delegacia da Polícia Civil ao reagir a um assalto na casa dele e matar o ladrão no final de semana em Poconé. À polícia ele afirmou que agiu em legítima defesa. O morador contou que estava dormindo e ouviu a mulher gritando, alertando-o sobre o assalto.

Inicialmente o morador havia sido conduzido para a delegacia onde daria esclarecimentos sobre o caso. No entanto, o delegado, apesar de reconhecer a legítima defesa, optou por autuar o morador pelo crime de homicídio e encaminhá-lo para audiência de custódia.

O assaltante foi identificado como Patrick de Oliveira, de 19 anos. Ele seria morador do Bairro São Mateus, em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), o juiz José Luís Leite Lindote, da comarca de Várzea Grande, concedeu liberdade ao morador. O magistrado não estabeleceu nenhuma medida restritiva ao comerciante.

No entanto, ainda de acordo com o TJMT, o morador pode responder pelo crime de assassinado, dependendo do ponto de vista do Ministério Público Estadual (MPE) de Mato Grosso.

Os dois homens entraram na casa e foram vistos pela mulher do morador, que já tinha acordado. Eles aproveitaram que o portão da residência estava aberto e invadiram o local. A mulher viu os dois ladrões e gritou alertando o marido sobre o assalto. Conforme a Polícia Civil, o marido estava no quarto, acordou, pegou um revólver calibre 38 e enfrentou um dos assaltantes.

O assaltante que estava armado foi baleado no coração, andou por alguns metros e caiu na piscina, no quintal da residência. O outro assaltante, ao ver a reação do morador e depois de ouvir o disparo, fugiu e não foi encontrado pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE E JARDIM
Uems abre concurso para professores efetivos em Campo Grande e Jardim
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Padrasto acerta murro na boca de criança ao tentar agredir esposa
BONITO - MS - CASO DE POLÍCIA
Polícia Militar prende jovem por uso de drogas em vias publicas próximo a escola em Bonito (MS)
SUCURI NA RODA - VÍDEO
VÍDEO: bombeiros retiram roda de carro para fazer ‘resgate’ de sucuri de 2 metros
BONITO - MS - FOTOS
Veja as FOTOS da palestra de Augusto Cury na Câmara em Bonito (MS)
MERCADO DE TRABALHO
Programa inédito da GOL para trainees recruta formados em qualquer curso
UNIPAR - EAD - DOURADOS - CONVÊNIO FECHADO
Unipar EAD fecha convênio com Grupo Abevê garantem até 25% de desconto nas mensalidades em Dourados
JUSTIÇA
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
GERAL
Nova portaria regulamenta expediente de servidores em jogos do Brasil
OPORTUNIDADES
Seleção de estagiários do MP/MS aplica prova domingo em 37 cidades