AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 18 de Novembro de 2017
DELPHOS_FULL
11 de Julho de 2017 06h00

Quase 90% municípios de MS pode ser contemplado com o ICMS Ecológico em 2018

G1
Taquarussu tem unidades de conservação em seu território e teve o maior índice provisório do ICMS Ecológico (Foto: Divulgação/ Secretaria de Meio Ambiente de Taquarussu)Taquarussu tem unidades de conservação em seu território e teve o maior índice provisório do ICMS Ecológico (Foto: Divulgação/ Secretaria de Meio Ambiente de Taquarussu)

Dos 79 município de Mato Grosso do Sul, 70 podem ser contemplados com o ICMS Ecológico em 2018, o que representa um percentual de 88,60%. Os dados são de resolução da secretaria estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), que apontam os índices provisórios, ainda passíveis de contestação, para a divisão dos recursos.

O ICMS Ecológico é um dos critérios de rateio do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), entre os municípios do estado. Estipula um percentual de 5% do imposto para ser dividido entre as cidades que tenham parte de seu território integrando terras indígenas homologadas e unidades de conservação devidamente inscritas no cadastro estadual, ou ainda que possuam plano de gestão, sistema de coletiva seletiva e de disposição final de resíduos sólidos. Neste ano, 63 municípios receberam os recursos.

Do valor do ICMS Ecológico que será distribuído entre os municípios do estado, sete décimos serão destinados ao rateio entre as cidades que tenham em seus territórios unidades de conservação da natureza e terras indígenas homologadas.

Os outros três décimos serão divididos entre os municípios que possuem plano de gestão, sistema de coleta seletiva e de disposição final de resíduos sólidos, desde que devidamente licenciados pelo órgão ambiental estadual.

Com base nestes critérios e em cálculos elaborados por técnicos do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), o município que obteve o maior índice provisório do ICMS Ecológico para 2017, com 12,2724, é Taquarussu, que fica a 325 quilômetros de Campo Grande, no leste do estado. Depois aparecem Jateí, com 10,6349, no sudoeste, e Alcinopólis, no norte, com 8,0270.

Taquarussu, conforme a Semade, tem em seu território três unidades de conservação: Área de Proteção Ambiental (APA) Ilhas e Várzeas do Rio Paraná, com 104,1 mil hectares; o parque estadual Várzeas do Rio Ivinhema, 14,214 mil hectares e a Estação Ecológica Veredas de Taquarussu, com 3 mil hectares.

Comentários
Veja Também
bonito_celular
Últimas Notícias
  
ANUNCIE AQUI
AGÊNCIA_SUCURI_LATERAL
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.