AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 25 de Setembro de 2017
CLINICA_RITH
DELPHOS_FULL
23 de Agosto de 2017 08h17

Políticos reverenciam legado de Pedro Pedrossian em MS e MT

DA REDAÇÃO

As construções, obras e ações que foram encabeçadas pelo ex-governador Pedro Pedrossian tanto em Mato Grosso como em Mato Grosso do Sul deixaram legado que perdura há décadas. 

Por isso, atuais e ex-governadores de ambos os estados participaram do velório, que aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. A região, inclusive, foi construída em seu mandato.

Reinaldo Azambuja (PSDB), governador de Mato Grosso do Sul, ressaltou que é preciso reverenciar o nome de Pedrossian pelos feitos realizados. "O grande legado que ele deixa é de uma história, de um trabalho que temos que reverenciar. Isso tanto no Mato Grosso como no Mato Grosso do Sul", opinou.

Pedro Taques (PSDB), governador de Mato Grosso, veio à Capital para prestar condolências à família e também prestar homenagem. "Ele representa para Mato Grosso um governador que criou universidades, escolas, que fez a colonização da região oeste. O povo do estado reverencia este grande brasileiro que foi Pedro Pedrossian", disse Taques.

Outro político presente no velório foi Júlio José de Campos, ex-governador de Mato Grosso na década de 1980. "Pedro Pedrossian para mim é um ídolo. Meu primeiro emprego como engenheiro agrônomo foi no governo de Pedro Pedrossian. Ele deixou um legado e fez história", lembrou.

Osvaldo Sobrinho foi vice-governador em Mato Grosso na chapa de Jaime Campos. O também ex-senador e ex-deputado contou que o primeiro contato que teve Pedrossian foi na época de estudante. Ele havia pedido uma bolsa de estudo na governadoria e passou mal por conta de fraqueza. 

"Desmaiei de fraqueza. A dona Maria Aparecida Pedrossian me ajudou e concedeu o auxílio. Depois disso entrei na vida política. Ele fez grandes atos e agora que Deus o abençoe e abençoe a família dele", disse.

FALECIMENTO

Pedro Pedrossian faleceu na madruga de hoje em Campo Grande. Ele tinha 89 anos. O velório aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e o sepultamento aconteceu por volta das 17h30 no cemitério Parque das Primaveras, no bairro Jardim Ipiranga.

O corpo do ex-governador de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul passou por cortejo em carro dos Bombeiros no Centro de Campo Grande.

BIOGRAFIA

Pedro Pedrossian foi governador de Mato Grosso no período de 1966 a 1971, antes que o Estado fosse dividido. 

Foi eleito senador em 1978, renunciou ao mandato em 1980 para assumir o cargo governador nomeado do Estado de Mato Grosso do Sul, em 7 de novembro daquele ano. 

Em 15 de março de 1991, assumiu novamente o cargo de governador sul-mato-grossense - eleito em pleito direto em 1990. 

Permaneceu no posto até 1º de janeiro de 1995. Foi candidato a governador em 1998 e a senador em 2002 sem sucesso. 

Comentários
Veja Também
dothshop
Últimas Notícias
  
conde_foto
bonito_celular
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.