Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 21 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca
NAS ARENAS DE RODEIO

Peão foi entrevistado dois dias antes de morrer na arena 'Tenho medo, mas minha fé em Deus é maior'

Peão foi entrevistado dois dias antes de morrer na arena 'Tenho medo, mas minha fé em Deus é maior'

14 Mai 2018 - 16h51Por REDE MASSA

A morte do atleta de montaria em touro, Giliard Antônio da Silva, de 24 anos, na noite de domingo (13), durante a final do Rodeio da Expoingá, em Maringá, chamou a atenção pela forma como ocorreu.

O rapaz montava o touro Cineasta, de 1 tonelada quando caiu e foi pisoteado na cabeça pelo animal. As imagens são bastante fortes e é possível ver que após ser pisoteado ele ainda se levanta e busca proteção atrás do palhaço, mas cai desmaiado.

O peão sofreu uma fratura na coluna cervical e apesar de ter recebido atendimento, e dos 40 minutos de tentativa de reanimação, ele morreu.

Na sexta-feira (11), em participação ao vivo no SBT Paraná, da Rede Massa, Giliard conversou com o repórter Geovan Petry, que perguntou se ele não tinha medo. Giliard respondeu que “sim, tinha medo, mas que a fé em Deus era maior”.

Giliard era casado e deixou uma filha de um ano. O rapaz era natural de Monte Belo, em Minas Gerais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE - ADOLESCENTE MORTO
Adolescente de 13 anos morre após ser atingido por tampa de caçamba de caminhão
AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO MS
Lançamentos de comitês e caminhadas marcam terça-feira de campanha no MS
AVIAÇÃO
Empresa encerra atuação e voos entre Campo Grande e Assunção são extintos
INTERNACIONAL
Nasa informa que a lua tem dois depósitos de gelo
BONITO - MS - VACINAÇÃO ATÉ DIA 31
Após dia D, crianças podem ser vacinadas até 31 de agosto em Bonito (MS)
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em 4 anos, Governo Reinaldo entrega mais pontes de concreto do que em toda história do Estado do MS
TJMS
Tribunal de Justiça triplica valor do "auxílio saúde" para juízes e desembargadores
JUSTIÇA
Ministras do STF conclamam mulheres a buscar igualdade pelo voto
OPORTUNIDADES
Concursos oferecem mais de 600 vagas com salários de até R$ 11,9 mil no Estado
DIREITOS HUMANOS
Governo busca vítimas de trabalho escravo da fazenda Brasil Verde