Menu
KAGIVA
sexta, 22 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
POLÍTICA

MPF pede à Justiça absolvição de Lula e anulação de delação de Delcídio

1 Set 2017 - 15h39Por Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) pediu hoje (1º) à Justiça Federal a absolvição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do banqueiro André Esteves no processo que apura a suposta tentativa do ex-presidente de obstruir o andamento da Operação Lava Jato. No mesmo pedido, o procurador responsável pelo caso também pede a suspensão dos benefícios concedidos com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral.

Nas alegações enviadas ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, responsável pelo caso,  o procurador da República Ivan Cláudio Marx concluiu que não há provas de que Lula e Esteves participaram dos supostos crimes imputados pelo ex-senador nos depoimentos de delação. 

“Para o procurador, ao contrário do que afirmou Delcídio do Amaral - tanto na colaboração quanto no depoimento dado à Justiça -, o pretendido silêncio de Cerveró, que à época cumpria prisão preventiva, não foi encomendado ou interessava a Lula, mas sim ao próprio senador”, diz nota do MPF.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DE TRABALHO
Programa inédito da GOL para trainees recruta formados em qualquer curso
UNIPAR - EAD - DOURADOS - CONVÊNIO FECHADO
Unipar EAD fecha convênio com Grupo Abevê garantem até 25% de desconto nas mensalidades em Dourados
JUSTIÇA
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
GERAL
Nova portaria regulamenta expediente de servidores em jogos do Brasil
OPORTUNIDADES
Seleção de estagiários do MP/MS aplica prova domingo em 37 cidades
JIPEIROS
Bonito na Trilha agitou os aventureiros, com muita poeira, lama e frio
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Segundo estudo, MS aumentou em 18% a concessão de medidas protetivas
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Campo Grande abre inscrições de processo seletivo para nível médio
BONITO - MS
SENAR vai realizar curso de Produção de Alimentos Saudáveis em Bonito
EM MS
Eleitores já podem se cadastrar para atuar como mesários