Menu
mutantes
segunda, 22 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
MEIO AMBIENTE

Jiboia é capturada ao comer 4 filhotes de gato em quintal de residência em MS

Réptil foi solto em uma área longe do perímetro urbano da cidade

13 Fev 2019 - 12h43Por DA REDAÇÃO
Cobra comeu quatro filhotes de gato que estavam no quintal. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Cobra comeu quatro filhotes de gato que estavam no quintal. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Uma cobra da espécie Jiboia foi capturada ontem (12) pelo Corpo de Bombeiros, após comer quatro filhotes de gato em uma residência em Corumbá, cidade distante a 426 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros, a cobra, de aproximadamente um metro e meio, foi encontrada no quintal de uma residência na Rua República do Paraguai, no bairro Dom Bosco.

Segundo o morador da casa, o réptil comeu quatro filhotes de gato que estavam no local.

Os militares capturaram a cobra, que foi solta em seguida em uma área afastada do perímetro urbano da cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO E JARDIM - MUITA CHUVA
Chuvas alagam ruas e turvam novamente as águas cristalinas de Jardim e Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO NA TRIBUNA
Pedrinho da Marambaia pede a aquisição de mais um caminhão pipa para Bonito (MS)
BONITO - MS
Assembleia cria Frente de combate ao turvamento dos rios de Bonito
CONCURSOS NO MS
Concursos com inscrições abertas têm vagas com salários de até R$ 4,1 mil em MS
MEIO AMBIENTE
‘Carta da Água’, resultado do 1º Seminário Estadual da Água, será entregue à ALMS
TEMPO E TEMPERATURA
Semana começa com avisos de tempestades em todo o MS
ASSASSINO PRESO
Homem que matou esposa com tábua de carne é preso traficando em MS
BONITO - MS - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO
BONITO (MS): Prefeitura homologa resultado final do Concurso Público, Confira a classificação
FRENTE FRIA CHEGANDO
Frente fria passa pelo Estado e temperaturas caem nesta segunda-feira
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo de MS: Servidores estaduais tem descontos de até 30% no comércio de Campo Grande