Menu
KAGIVA
sexta, 22 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
SUPERSALÁRIOS

Governador Reinaldo Azambuja defende fim de privilégios no setor público

7 Set 2017 - 07h26Por DA REDAÇÃO

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), defende o corte do que chama de “privilégios” nos poderes Executivo e Judiciário e, também, no Ministério Público.

Falando sobre a reforma da Previdência em entrevista a uma rádio da Capital, Azambuja afirmou que o Brasil, assim como MS, sustenta “alguns poucos privilegiados” e que essa é uma das razões do rombo nas contas da Previdência.

“Nós não queremos reforma da Previdência para tirar direito de ninguém. Nós queremos cortar privilégios. Tem muita gente privilegiada”, afirmou.

Para ele, a causa do deficit previdenciário não é decorrente do pagamento aos aposentados pelo regime do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas vem do próprio setor público, “dos poderes constituídos. Poder Judiciário, Ministério Público, o Poder Executivo”, sustentou.

“Nós temos um grupo de privilegiados e a sociedade brasileira paga esse custo. Isso precisa ter uma atenção”, disse, citando que 56% do que é arrecadado pelo Brasil, conforme o Orçamento Geral da União (OGU), é usado para pagamento de aposentadorias e pensões.

Apesar de Mato Grosso do Sul ser um estado jovem, já precisa repor aos cofres previdenciários, por ano, R$ 1,250 bilhão para pagar as aposentadorias e pensões. “Isso é dinheiro do Tesouro, do contribuinte”, lamentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MERCADO DE TRABALHO
Programa inédito da GOL para trainees recruta formados em qualquer curso
UNIPAR - EAD - DOURADOS - CONVÊNIO FECHADO
Unipar EAD fecha convênio com Grupo Abevê garantem até 25% de desconto nas mensalidades em Dourados
JUSTIÇA
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
GERAL
Nova portaria regulamenta expediente de servidores em jogos do Brasil
OPORTUNIDADES
Seleção de estagiários do MP/MS aplica prova domingo em 37 cidades
JIPEIROS
Bonito na Trilha agitou os aventureiros, com muita poeira, lama e frio
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Segundo estudo, MS aumentou em 18% a concessão de medidas protetivas
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Campo Grande abre inscrições de processo seletivo para nível médio
BONITO - MS
SENAR vai realizar curso de Produção de Alimentos Saudáveis em Bonito
EM MS
Eleitores já podem se cadastrar para atuar como mesários