Menu
KAGIVA
quarta, 19 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
TERROR NA FRONTEIRA

Domínio de facção brasileira assusta moradores de Pedro Juan Caballero

9 Mar 2018 - 14h34Por Campo Grande News

Moradores de Pedro Juan Caballero e Capitán Bado, as duas principais cidades paraguaias do Departamento de Amambay na fronteira com Mato Grosso do Sul estão aterrorizados com a expansão e os atos de violência praticados por membros do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segundo policiais que atuam na Linha Internacional, a facção brasileira tomou conta do tráfico de drogas e de armas naquela região e está eliminando os inimigos. “Todo mundo tem medo porque o pessoal do PCC é capaz de fazer qualquer coisa”, afirmou hoje ao Campo Grande News um morador de Pedro Juan Caballero.

“Após a morte do Rafaat [Jorge Rafaat Toumani, executado em junho de 2016] e a transferência do Jarvis Pavão para o Brasil, o clima de tensão aumentou e as pessoas estão com mais medo ainda”, afirma o cidadão paraguaio.

Nesta semana, entre a terça e a quarta-feira, quatro pessoas foram assassinadas em menos de 24 horas em Ponta Porã, Pedro Juan Caballero e Capitán Bado. Entre as vítimas está o policial civil Wescley Vasconcelos Dias, 37, executado com 30 tiros de fuzil no fim a tarde do dia 6.

Também na terça-feira, seis membros do PCC foram presos em Pedro Juan Caballero, reforçando a tese do governo paraguaio que a facção se fortaleceu nos últimos meses para tomar conta do crime organizado na fronteira.

A Polícia Nacional do Paraguai suspeita que a facção criminosa tenha matado o agente da Polícia Civil. Entretanto, policias brasileiros envolvidos nas investigações afirmam que essa apenas uma das linhas de investigação.

Para a polícia brasileira, o assassinato está ligado ao trabalho do investigador, considerado bastante atuante, principalmente colaborando com outras polícias, inclusive a paraguaia.

No dia que foi morto, segundo policiais paraguaios, ele tinha ido a Pedro Juan para coletar as impressões digitais dos seis membros do PCC, presos horas antes. Logo após voltar ao lado brasileiro da fronteira, foi cercado por pelo menos dois carros e executado a tiros de fuzil calibre 7.62.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - DESUMANIDADE
Após acidente, pessoas ignoram vítima fatal e roubam carga de abacaxi em Dourados
BONITO - MS - FOTOS SESSÃO DA CÂMARA
Confira as fotos da sessão da Câmara desta terça-feira em Bonito (MS)
GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo de MS abrirá 10 concursos públicos para PM e Bombeiro
CIDADES
Fotógrafo que perdeu voo por atraso guarda registros há 44 anos da maior tragédia aérea de MS
TECNOLOGIA
Instagram lança botão para compras de usuários pelo stories da rede social
GERAL
Mega-Sena acumula e deve pagar prêmio de R$ 17 milhões nesta quinta
COISAS DA NATUREZA
Indiano flagra serpente vomitando cobra do seu tamanho em imagem surpreendente
OPORTUNIDADE - CAMPO GRANDE - MS
Grupo Oi abre 100 vagas para início imediato em Campo Grande
BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
Prefeito recebe atletas que participaram dos JEMS e JOJUMS em Bonito (MS)
BONITO - MS - PARA LOCAÇÃO TAMBÉM
BONITO (MS): Chegou a mais nova sensação do momento à Virtual Play carrinho simulador montanha russa