Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 21 de setembro de 2018
KAGIVA
Busca
BONITO INFORMA RURAL

Colheita do milho safrinha já alcança 126 mil hectares em MS

Até o dia 6 de julho os trabalhos já haviam sido concluídos em 7,6% do 1,7 milhão de hectares plantados

12 Jul 2018 - 12h45Por DA REDAÇÃO

A colheita do milho safrinha em Mato Grosso do Sul avançou 70.611 hectares nos últimos dez dias e alcançou a marca de 126.853 hectares. Segundo boletim da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado) divulgado nesta semana, até o dia 6 de julho os trabalhos já haviam sido concluídos em 7,6% do 1,7 milhão de hectares plantados no ciclo 2017/2018.

O levantamento aponta que as propriedades localizadas nos municípios da região norte estão com o processo mais avançado. Nessa área já foram colhidos em média 19,5% da lavoura. São Gabriel do Oeste está com o processo mais avançado, já tendo retirado do campo quase 25% do milho plantado.

 

Na região central, os trabalhos avançaram em torno de 6,4% da área plantada. Bandeirantes e Jaraguari em estão acima dessa média se aproximando dos 15% de lavoura colhida, enquanto Campo Grande já passa dos 10%.

Os municípios do sul já colheram em torno de 5% das plantações. O processo está mais avançado em Dourados, Itaporã e Sete Quedas.

Milho à espera da colheita na safra passada (Foto: Marcos Ermínio/arquivo)Milho à espera da colheita na safra passada

Segundo a Famasul, a porcentagem de área colhida na safra 2017/2018 está 3% maior do que havia sido registrado no mesmo período no ciclo 2016/2017 com evolução de aproximadamente 4,2% para o estado.

A projeção de produção de grãos para o estado é de aproximadamente 6,936 milhões de toneladas, com queda de 29,31% no volume esperado que era de 9,8 milhões de toneladas. A produtividade é estimada em 68 sacas por hectare.

Em comparação aos dados da safra anterior, também espera-se queda na área plantada em aproximadamente 8,21%, passando de 1,8 milhão para 1,7 de milhão de hectares.

A estiagem afetou seriamente as lavouras na região sul do estado, que podem ter até 40% de perdas na produção segundo a Famasul. Esse percentual leva em consideração todas as áreas semeadas no estado. Individualmente, alguns alguns produtores não conseguirão colher nada este ano.

Na região norte, as plantações não apresentaram problemas e a produtividade é estimada em torno de 90 a 100 sacas por hectare. Na região sul, a expectativa é de 60 a 70 sacas por hectare. Como essa área é mais expressiva nesse cultivo, deve refletir mais na produtividade total.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VAMOS AJUDAR
Churrasco beneficente em prol Hospital acontece dia 30 em Bonito (MS)
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
BONITO: Odilson recebe alunos que participam do Programa Agrinho, modalidade Experiência Pedagógica
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO ATENDIDA
Lúcia Miranda tem reivindicação atendida pela prefeitura com instalação de semáforo em Bonito (MS)
ELEIÇÕES 2018
Odilon perde para Reinaldo e vai ter que fazer propaganda para tucano em rede social
OPERAÇÃO VOSTOK
Polaco presta depoimento na Operação Vostok e nega contato com Reinaldo Azambuja
CIDADES
Anac interdita 6 aeronaves irregulares alvos de fiscalização em MS
GERAL
Mega-Sena especial vai sortear hoje prêmio de R$ 17 milhões
ECONOMIA
Ipea confirma tendência ao desalento no mercado de trabalho
DOURADOS - DESUMANIDADE
Após acidente, pessoas ignoram vítima fatal e roubam carga de abacaxi em Dourados